Seja bem-vindo à OpenBrasil.org

Museu Oscar Niemeyer - Curitiba PR / Serpentine Gallery ING

Museu Oscar Niemeyer
Museu Oscar Niemeyer localiza-se na cidade de Curitiba, capital do estado do Paraná, Brasil.
O complexo de dois prédios, instalado em uma área de trinta e cinco mil metros quadrados (dos quais dezenove mil dedicados à área de exposições), é um verdadeiro exemplo da Arquitetura aliada à Arte.

O primeiro prédio foi projetado por Oscar Niemeyer em 1967, fiel ao estilo da época, concebido como um Instituto de Educação. Este edifício possui o segundo maior vão livre do Brasil, com 65m. Foi reformado e adaptado à função de museu, para o qual Niemeyer projetou o anexo, lembrando um olho, imprimindo-lhe uma nova identidade característica.
Inaugurado no dia 22 de novembro de 2002 com o nome de Novo Museu, com a conclusão do anexo foi reinaugurado em 8 de Julho de 2003, recebendo a atual denominação.

É conhecido localmente como Museu do Olho, devido ao design de seu edifício.
A instituição tem como foco as artes visuais, a arquitetura e o design. Pela sua grandiosidade, beleza e pela importância do acervo, atualmente representa uma instituição cultural com projeção nacional e internacional.

Serpentine Gallery Pavilion - 2003
Em 2003, Niemeyer foi escolhido para projetar seu primeiro edifício na Grã-Bretanha, um anexo Serpentine Gallery - uma galeria londrina que constrói a cada ano um pavilhão no Jardim do Hyde Park.

"Londres, a única obra metálica por mim desenhada, foi conseguir, na elaboração deste trabalho tão simples e de tão reduzidas proporções, exprimir o que penso caracterizar minha arquitetura.

Assim, ao suspender o piso do pavilhão 1,50 m acima do solo, procurei garantir a leveza que a distingue. E a mesma foi a minha intenção ao dar uma linha tão movimentada ao perfil do pavilhão, pois é com esse jogo de curvas e retas que faço a minha arquitetura.

O resto foi procurar a simplicidade, a boa aplicação de cores e revestimentos com que os interiores devem manter a unidade de qualquer obra arquitetônica."
(Oscar Niemeyer)

Foto: Serpentine Gallery - Marieke Mannens
Open

MARCADOR - OSCAR NIEMEYER